mero desabafo.

17:30

O bater da porta já não é um problema, já não me faz confusão. Aprendi a viver com o tão familiar bater de uma porta, aliás nesta enorme casa há sempre alguém que saí e não sou eu (...)
Sinceramente já devia estar habituada, nada dura para sempre(...) Pensei que querias um tempo para ti, um tempo para estares completamente sozinho, na verdade todos nós precisamos de um tempo totalmente sozinhos.
(...) tentei-te procurar mas em vão, seguis-te o teu caminho agora só me resta seguir o meu. Quanto as feridas que provocas-te irei esperar que sarem, enquanto isso a dor vive em mim(...)

You Might Also Like

2 flower

  1. My compliments for your blog and long life blogger to you,I invite you in my photoblog "photosphera".

    CLICK PHOTOSPHERA

    Greetings from Italy

    Marlow

    ResponderEliminar
  2. Thank you for visiting the "photosphera",good work to you for your space.

    A hug

    ResponderEliminar